#Herstorytelling

1,461 posts

Loading...
Hoje eu acordei inspirada & determinada para tirar a história ancestral de resistência sexual lésbica do limbo da invisibilidade. Afinal, estamos no #mêsdavisibilidadelésbica . Corre lá no meu stories para se informar sobre a luta ancestral das mulheres lésbicas (tão ancestral que antecede até mesmo a palavra "mulher") frente ao senso de propriedade de homens (pais e maridos forçados) para entender melhor o motivo de a homossexualidade feminina (e também masculina) ser tão perseguida! O Patriarcado é um sistema criado para o benefício de "proprietários" ao longo dos milênios. Ele se sustenta a partir da heterossexualidade obrigatória, que dá ao sexo feminino a função de procriar para manter tanto a herança entre pai-filho quanto a mão-de-obra barata. As mulheres lésbicas são um ataque direto ao senso de propriedade masculino, e é por isso que a homossexualidade feminina, lesbianidade, buceta com buceta, sofre extermínio desde o início do Patriarcado. Porque quando uma lésbica peita o próprio pai que quer levá-la ao altar e peita o casamento forçado, não é só ela que se beneficia dos frutos de sua luta, mas todas as mulheres que se recusam a obedecer as regras heteronormativas/sexuais/reprodutivas do #gênero . Apaga agora, Patriarcado com glitter. Apaga agora, adoradoras do deus falo. #MulherArtistaResista #ResistênciaLésbica #sapatona #sapatão #direitoshumanos #direito #direito #amodireito #Herstorytelling
Nosso irmãozinho @brasilcontraSAP , projeto parido da nossa mãe SóMinas #Herstorytelling (@sominasemusic ), tá na luta para derrubar uma lei fascista fundamentada em um teórico pedófilo que se matou quando foi descoberto. Gostaria de agradecer o apoio do @qgfeminista , coletiva feminista radical/materialista à causa. Não sou feminista e nem anti-feminista, digo que sou lésbica porque a lesbianidade combate o senso de propriedade do sexo masculino desde antes da "primeira onda feminista", o sufrágio. A luta das lésbicas contra o pátrio poder - poder sexual coletivo do SEXO masculino que retirou a "posse" das terras das mulheres que as cultivavam munidos do estupro e maternidade forçada - existe desde o surgimento do Patriarcado, mas essa ancestralidade lésbica de luta das lésbicas pelas mulheres é desconhecida, distorcida e censurada, motivo pelo qual me dizer lésbica é uma afirmação política mais conveniente do que me dizer feminista. Sou lésbica, minha resistência sexual ao heteropatriarcado é ancestral e quem quer censurá-la é fascista e fundamentalista. Eu quero que a resistência lésbica seja visível não só no #mêsdavisibilidadelésbica , mas todos os dias. Agradeço imensamente o apoio diário de feministas radicais e das minhas companheiras lésbicas à luta das mães neste movimento #BrasilContraSAP , mesmo não sendo feminista radical, afinal nem feminista sou. Agradeço o apoio porque sei o quanto essas mulheres radicais são chamadas de fascistas por adoradoras do deus falo, mulheres que ABUSAM DO PODER conquistado via mídia enquanto as acusadas de fascismo peitam o fascismo pedófilo que tem tirado a guarda de mães protetivas e colocado as crianças nas mãos de pais estupradores. Fatos dizem mais do que mil palavras. Vamos derrubar o fascismo mirando o estupro paterno, coração do Patriarcado! #MulherArtistaResista
Agosto é o #mêsdavisibilidadelésbica e a SóMinas #Herstorytelling vai trazer pra Zona Norte de SP um evento que vai chacoalhar o orgulho sapatão da região. Siga @festivalsaficasresistem e acompanhe o lançamento da data e das atrações confirmadas! #MulherArtistaResista #evento #eventos #produtora
Você sabia que o movimento #MulherArtistaResista é um dos projetos autorais da @sominasemusic #Herstorytelling , a primeira produtora de conteúdo artístico com foco em direitos reprodutivos do Brasil? Isso significa que o #MulherArtistaResista é irmão do @fimdocasamentoinfantil e do @brasilcontrasap , todos eles projetos de comunicação digital assinados pela SóMinas #Herstorytelling com a missão de conectar cada vez mais mulheres a temáticas invisibilizadas que precisam ser debatidas com urgência. Confira todos os projetos da SóMinas #Herstorytelling , divulgue, se envolva! Contamos com você! #agênciadeconteúdo #conteudo #marketingdigital #comunicaçãoestratégica
Você já ouviu falar no #conceito de pátrio poder? O pátrio poder é um conceito jurídico herdado do Direito Romano. Essa expressão dava aos "pais de família" da elite romana o poder de propriedade sobre as terras em que moravam e sobre os corpos que também viviam sobre as terras do patriarca. Terras, estas, usurpadas das mulheres com estupro e violência, vale lembrar. O patriarca tinha direito de matar seus próprios filhos se quisesse. Ele era dono da família - do latim famulus, servos domésticos - e, com o pátrio poder, tinha poder absoluto sobre mulher, filhos e pessoas escravizadas. Estupro nem se fala, né? Direito básico do homem. Pátrio, assim como pátria, padrão e patrão têm raiz na palavra pater, em latim, pai. O pátrio poder caiu da Constituição brasileira em 2002, mas a prática de defender os privilégios do SEXO MASCULINO em detrimento dos direitos humanos de mulheres e crianças continua. A Lei da Alienação Parental, aprovada há 8 anos e o PL Gabriella Leite são expressões do pátrio poder. Poder sexual coletivo do sexo masculino. É partindo deste ponto que, aqui na SóMinas #Herstorytelling , o debate sobre #gênero não é dissociado de sexo. Conheça o perfil @brasilcontraSAP , criado e administrado por nós para apoiar, com a #ferramenta da #comunicaçãodigital estratégica, mães que lutam contra pais estupradores e são perseguidas por isso. E lembre-se: quem encontrou na expressão "pátrio poder" o coração do patriarcado onde devemos mirar se quisermos verdadeiramente acabar com ele, foi uma MÃE LÉSBICA cuja perspectiva de #gênero é #radical , ou seja, vai na #raiz do problema, que é o senso de propriedade sexual e coletivo que os homens têm das mulheres. Quem chamar de fascista uma mulher que está ajudando a derrubar uma lei fascista escrita por pedófilos vai passar vergonha. Fica o aviso. #BrasilContraSAP #ProjetoHisteria #gênerodói #direito #direitos #direitoshumanos #amodireito #lei
Mamilos femininos são polêmicos porque é deles que sai a nutrição básica da humanidade. Esse tipo de referência é poderosa, não pode existir, não pode mamilo gerar orgulho. Mamilo livre só pode no pornô, né? Quiseram e querem censurar a sexualidade feminina que não é para consumo masculino. As mulheres precisam lutar pelo direito de amamentar seus bebês, pelo direito de isso não ser sexualizado nas ruas, nos coletivos ou em qualquer ambiente público. Isso é ridículo: não ter nem o direito de amamentar sua própria cria sem medo de assédio é absurdo. Ter de lutar por isso é bizarro. O #ProjetoHisteria tá na missão do resgate da simbologia do sexo feminino. Aqui o conteúdo é hi-tech. Mamacita #sapatona passando. Respeita o legado, BUCETA. #ResistênciaLésbica #Herstorytelling #MulherArtistaResista
A mixtape #JackClackBoom foi lançada pela DJ #ProjetoHisteria no dia 8 de março. Trata-se de uma seleção de mulheres artistas brasileiras do #RapNacional . Muitas delas abordam a questão do #aborto em suas letras. A SóMinas #Herstorytelling , primeira produtora de conteúdo artístico com foco em direitos reprodutivos do Brasil, acredita que a ausência dos nossos direitos reprodutivos estão diretamente relacionados à censura das mulheres na arte e na música. Porque não bastou ter retirado de nós o direito ao nosso corpo, foi preciso também criar uma estratégia de silenciamento para descredibilizar as mulheres que lutam por todas nós. Quem criou essa estratégia de silenciamento? É algo sobre o que precisamos falar urgentemente. O projeto de retirada dos direitos das mulheres é um projeto fascista escrito por estupradores unidos. Este projeto político anti-mulheres é fundamentante da cultura do estupro. Não podemos abortar porque querem que sejamos mães de crianças geradas por estupro! O direito à paternidade têm sido priorizado enquanto o direito de meninas serem protegidas de violadores não tem sequer sido debatido como deveria. Lugar de estuprador não é na certidão! Não se enganem achando que a cultura do estupro existe devido à ignorância masculina. Não é ignorância quando você cria estratégia para perpetuar seu poder. É a razão aplicada para a perpetuação do seu poder. Escute o suprasumo da resistência das mulheres na música brasileira. Escute as minas brasileiras que tomaram o do RAP de assalto. Mixtape disponível para download na bio do nosso perfil, corre lá! #MulherArtistaResista #nempresasnemmortas #legalizeoaborto #abortolegal #dj #djane #djanes #djmulher #mulherdj #djgirl #djgirls #rapdimina #soundcloud #femalerapper #rapper #rap
It’s that time of the year where we celebrate you all on the importance of black motherhood! 🤱🏽👶🏽 Come and join us for an amazing event with @blackinfanthealth_tcci. #cinnamoms_
A DJ @natacha_o aka #ProjetoHisteria , autora do movimento #MulherArtistaResista e fundadora da @sominasemusic , mixa narrativas contra a cultura do estupro. Neste momento em que o #aborto vem sendo cada vez mais discutido, principalmente institucionalmente, a artista convida você a ouvir a mixtape #JackClackBoom . Uma seleção de artistas pesadas do #RapFeminino que abordam toda sorte de temática relacionada a direitos humanos, mas principalmente direitos das mulheres, inclusive o direito ao aborto e à legítima defesa. Para ouvir, clique no link disponível na bio do perfil @sominasemusic. #soundcloud #mix #minanomixer #djane #djgirl #rapdimina #mulhernamusica #mulheresnamusica #legalizeoaborto #nempresasnemmortas #herstorytelling
Acho que este é um momento importantíssimo na história brasileira. O debate sobre aborto tem adentrado no seio da família tradicional brasileira e as mulheres têm sido o pé na porta que a família precisava. O debate sobre aborto tem ganhado cada vez mais espaço. Pela voz das artistas brasileiras, o direito é reivindicado. As mulheres artistas têm respondido às demandas do tempo presente como mestras. Na música, o #RapFeminino lidera as narrativas sobre a retomada do legado das mulheres. Por isso, no mês de março, a DJ #ProjetoHisteria lançou a mixtape #JackClackBoom , com 100 minutos de resistência sonora das mulheres ao contexto político ao qual estamos submetidas: o patriarcado. Quer ouvir a #mixtape ? O link tá na bio. Download liberado. Dá um confere na tag #ProjetoHisteria pra ver algumas das artistas selecionadas para a mixtape. #MulherArtistaResista #dj #djane #djgirl #rapdimina #herstory #herstorytelling #soundcloud #nempresasnemmortas #legalizeoaborto
Transformar #vulnerabilidade em força é ter sido #vítima de estupros quando criança, crescer e se tornar #protagonista de um movimento materno com objetivo de deter estupradores de crianças que legislam em benefício próprio sem se curvar à perseguição. Denúncias foram feitas contra mim como se eu fosse uma mãe criminosa para que eu parasse de lutar contra pais estupradores e o que eu fiz? Parei? Me escondi? NÃO! Eu avancei como uma leoa brava, pegando minha bagagem profissional de #redatora #publicitária e abrindo a @sominasemusic #Herstorytelling , a primeira #produtora de conteúdo artístico com foco em #direitos reprodutivos da #história para administrar todos os meus #projetos de #impacto #social . Dentre eles o @brasilcontraSAP , que é uma #ferramenta de #comunicaçãodigital #estratégica com a #missão de criar #conteúdo segmentado para servir de apoio às #mães que são perseguidas por pais estupradores e operadores de #lei a eles aliados. Você pode me chamar do que quiser, pode tentar me definir e me distorcer a partir da imagem que você quer criar de mim. Mas os frutos dos meus atos dirão mais do que mil palavras que você usar pra me caluniar. Tenho orgulho da mulher imparável que me tornei. Quantas leis fascistas você já ajudou a derrubar? Porque nós, mães em luta, estamos prestes a derrubar a Lei da Alienação Parental e de entrar para a história do nosso país. #brasilcontraSAP
Um dos projetos autorais da SóMinas #Herstorytelling , a primeira produtora de conteúdo artístico com foco em direitos reprodutivos do Brasil, é o @brasilcontrasap. Sua missão é impactar autoridades e a sociedade civil por meio de conteúdo segmentado para o fato de que estupradores de crianças têm legislado em benefício próprio fazendo uso das teorias da alienação parental. A tática dos pais estupradores e operadores de lei a eles aliados é utilizar do lobby pedófilo da alienação parental - teoria criada por um pedófilo norte-americano que cometeu suicídio ao ser desmascarado - para transformar a mãe protetiva que realizou a denúncia em uma vilã maluca que deseja se vingar devido ao fim do casamento por não suportar a ideia de estar solteira. Conheça a luta do #BrasilContraSAP e junte-se a essas mães. #direito #direitos #amodireito #direitomaterno #maternidadereal #maternidade #empreendedorismomaterno
Vem aí a oficina #todaminaédj com conteúdo didático-pedagógico produzido pela SóMinas #Herstorytelling (+ parcerias que serão anunciadas em breve) e assinado pela DJ #ProjetoHisteria . Aguardem novidades.
Agosto é o mês da visibilidade #lésbica e eu tô sacando essa fota aqui pra dizer que nós, mães #lésbicas , existimos e não estamos mais dispostas a viver escondidas para nos proteger de quem procura ser popular & lacradora às custas da censura de nossa #história de #resistência *sexual* ancestral. A #maternidade em conjunto com a #lesbianidade ultrapassam qualquer debate popular sobre "gênero" ao qual as #mulheres têm tido acesso atualmente. As mulheres só ganham #visibilidade , fama e aceitação quando defendem uma perspectiva de #gênero que esteja de acordo com o que a mídia exige: a liberal, a que centraliza os discursos em questões como "escolha" ou "se sentir bem". Eu, com minha #experiência de mais de dez anos em #redação #pubilicitária , já havia decidido me dedicar a produzir #conteúdos que vão na contra'mão da mídia de massa logo que pari, cinco anos atrás, antes de o #feminismo virar #nicho de #mercado , não cheguei até aqui pra me sujeitar às demandas liberais do momento e me esconder num cantinho com medo de perseguição por ter um pensamento divergente do pensamento aceito e propagado pela mídia. Nadando contra a corrente heteropatriarcal - e contra as correntes heteropatriarcais - a minha perspectiva de gênero é fundamentada nas raízes da opressão feminina, baseada no lugar de onde eu falo, que é um lugar lésbico, materno, censurado, perseguido, fetichizado, distorcido, ancestral e acima de tudo *sexual*. É o comportamento *sexual* das lésbicas o motivo das perseguições que sofremos. Em vez de celebrar a "escolha" e o "se sentir bem" - pensamento liberal - eu, lésbica, questiono a ausência de alternativas e não baseio minhas práticas #políticas em sentimentos individuais e sim no materialismo histórico, na história coletiva do sexo feminino que é apagada e distorcida desde a ascensão do patriarcado. Podem espernear. As lésbicas vão passar. #ResistênciaLésbica #SóMinas #Herstorytelling
O movimento #MulherArtistaResista e o #ProjetoHisteria , assinado pela gente, foi citado pelo @sonorafestivalpvh. ♥ Saiba mais sobre a SóMinas #Herstorytelling , a primeira produtora de conteúdo artístico com foco em direitos reprodutivos do Brasil. Link clicável com release na bio. #produtora #mulheresartistas #mulhernamusica #mulheresnamusica #dj #djane #djgirl
JUNE JORDAN (b.1936-2002) • “I am a feminist, and what that means to me is much the same as the meaning of the fact that I am Black; it means that I must undertake to love myself and to respect myself as though my very life depends upon self-love and self-respect.” • June Jordan was born to first generation Jamaican immigrant parents in Harlem, New York in 1936. Immersed in a predominantly white world due to her early education, Jordan began to construct her identity as a black, female writer during the time of the Civil Rights movement and second wave feminism. Her extensive body of work, including essays and poetry won her numerous prestigious awards, and largely focus on the themes of race, identity, gender, human rights and activism. As an openly bisexual, female black artist finding success at a time of heightened racism, sexism and homophobia, she has still not received the recognition that she deserves. #junejordan #feminism #poetry #herstorytelling #female #photooftheday
E essa moral que o @sonorafestivalpvh deu pro movimento #MulherArtistaResista , pro #ProjetoHisteria e pra produtora que assina todos esses projetos, a @sominasemusic #Herstorytelling ? Digerindo o carinho. Às vezes a gente espera apoio das pessoas próximas e não vem, o apoio vem de desconhecidas que acreditam na força da tua história. Isso é muito significativo pra mim! Obrigada demais! Eu que não sou nada "good vibes gratidão" tô só agradecimentos aqui. Vocês fazem a resistência valer a pena! Não vou cansar de dizer OBRIGADAAAA!
Alice and the old woman sat together on the meadow until the night had come. Silently they watched a mysterious #fullmoon , a spectacular #bloodmoon , the #northernstar , very tiny in the back #lifeonmars , a star-spangled black cupola, the death of a #tyrant and the rising of beautiful #maudhatter in his footsteps. But what they decided to write down was only one-tenth of it. #aliceinwonderland #heyyougetoffofmycloud #instastories #kurzgeschichte #shortstory #herstory #herstorytelling #storyoftheday #picoftheday #cloudygram #moodygram
Em agosto de 2016, o #ProjetoHisteria estreava como DJ (ft #MulherArtistaResista ) por volta das 12h em algum dia do mês que se perdeu. Nessa época, eu ainda não sabia que uma perseguição no Facebook seguida de uma perseguição na vida real me obrigariam a transformar o modo que encontrei pra expressar minha indignação com o fato de ter sido processada durante dois anos por narrar um estupro - entre 2014 e 2016 - em um experimento sociolinguístico para analisar a relevância das narrativas de sobreviventes de estupro dentro e fora da rede com objetivo de proteger a mim mesma. Sabia muito menos que, passando por essa experiência, eu me tornaria capaz de definir o meu grande propósito na vida: gerar valor para sobreviventes de estupro como eu com o conteúdo que produzo por mim e por todas nós com o objetivo de me defender publicamente e esfregar na cara de todo mundo que é possível transformar vulnerabilidade em força. Aqui é #SóMinas #Herstorytelling , buceta! ▼ #MulherArtistaResista #tbt
Pra finalizar a #copa2018 teve protesto das mulheres russas em campo. Foto via @politicaparamulheres. Sigam o perfil e leiam o post original. #Herstorytelling
Roda de conversa boa é aquela que começa às 14h e rende papo até as 22h, o pessoal senta no chão pra comer pão com requeijão e os principais assuntos são pornografia, prostituição, exploração sexual e a resistência das mulheres. E quando acaba, ainda incentiva um total de três pessoas a se aventurar na arte que é o trabalho dos DJs. Eu sou #ProjetoHisteria , mixo narrativas contra a cultura do estupro e tenho como missão fazer esse legado subir. Pega eeeeeeeu, pai. #MulherArtistaResista #storytelling #herstorytelling #conteudo #empreendedorismomaterno #resistêncialésbica #dj #djane #djanes #djgirl #djgirls #technogirl #girlsintech #mulhernatecnologia
Por: @sominasemusic "O legado feminino segue censurado desde Aspásia de Mileto, mestra de Sócrates apagada da história escrita pelos homens brancos. Antes de Cristo. Aspásia, mãe da filosofia, foi e ainda é difamada como se prostituta fosse. Mulher ocupando espaço público é "tudo puta", né? O legado feminino censurado passa pela história de Rosetta Tharpe, inventora do Rock'n'Roll, mulher preta (possivelmente lésbica) censurada pelo Elvis Presley. O legado feminino censurado está no nosso cotidiano, no acesso à computação, legado de Ada Lovelace; no acesso ao wi-fi, legado de Hedy Lamarr. Que continuam censurados. Por quem senão pelo próprio #mercado ? Mulher: bota o pé na porta. É tudo nosso esse legado. Foi sequestrado. Mas o que é nosso sempre esteve guardado.'' #Herstorytelling #MulherArtistaResista #comunicação #comunicadora #redação #redatora #storytelling #sóminas #educação #educadora #resgatandolaloba #resgatandoamulherselvagem #psicologadanielabernardesdeoliveira
O legado feminino segue censurado desde Aspásia de Mileto, mestra de Sócrates apagada da história escrita pelos homens brancos. Antes de Cristo. Aspásia, mãe da filosofia, foi e ainda é difamada como se prostituta fosse. Mulher ocupando espaço público é "tudo puta", né? O legado feminino censurado passa pela história de Rosetta Tharpe, inventora do Rock'n'Roll, mulher preta (possivelmente lésbica) censurada pelo Elvis Presley. O legado feminino censurado está no nosso cotidiano, no acesso à computação, legado de Ada Lovelace; no acesso ao wi-fi, legado de Hedy Lamarr. Que continuam censurados. Por quem senão pelo próprio #mercado ? Mulher: bota o pé na porta. É tudo nosso esse legado. Foi sequestrado. Mas o que é nosso sempre esteve guardado. #Herstorytelling #MulherArtistaResista #comunicação #comunicadora #redação #redatora #storytelling #sóminas #educação #educadora
É domingo! Se você também não negocia o legado das mulheres com os homens, assim como a DJ, professora de literatura e social media aka #ProjetoHisteria , venha pra roda! Vamos subir! Garanta já a sua vaga na oficina: 11972318489. #MulherArtistaResista #mulhernapolitica #storytelling #herstory #Herstorytelling #dj #djlife #djgirl #technogirl #djane #djanes
É domingo! Se você também não negocia o legado das mulheres com os homens, assim como a DJ, professora de literatura e social media aka #ProjetoHisteria , venha pra roda! Vamos subir! Garanta já a sua vaga na oficina: 11972318489. #MulherArtistaResista #mulhernapolitica #storytelling #herstory #Herstorytelling #dj #djlife #djgirl #technogirl #djane #djanes
É domingo! Se você também não negocia o legado das mulheres com os homens, assim como a DJ, professora de literatura e social media aka #ProjetoHisteria , venha pra roda! Vamos subir! Garanta já a sua vaga na oficina: 11972318489. #MulherArtistaResista #mulhernapolitica #storytelling #herstory #Herstorytelling #dj #djlife #djgirl #technogirl #djane #djanes
#Repost @sominasemusic (@get_repost ) ・・・ Inspiradora! A @moniqueevelle falou tudo. Você já conhece o #PretaLab , iniciativa que estimula a ocupação da tecnologia por mulheres pretas e indígenas? Procure saber! #Herstorytelling
Inspiradora! A @moniqueevelle falou tudo. Você já conhece o #PretaLab , iniciativa que estimula a ocupação da tecnologia por mulheres pretas e indígenas? Procure saber! #Herstorytelling
This is Filipe Pedreiras.He's a dangerous man, capable of doing harm to his ex-wife, Clara, and his 1yo toddler. Brazilian police is looking for him while Clara is afraid of being killed by him as a male revenge. So common specially in latin america! He can be here, in Brazil, or anywhere else in the globe. Have you seem this face? Tell @todosporclara. #Herstorytelling #mother #protectivemother #motheractivity #mothering #protectwomen #sheforshe #careethics
Receba conteúdos exclusivos gratuitamente por e-mail. Basta se cadastrar no nosso site (link na bio), preenchendo o formulário da aba "news" no menu. Somos a primeira e única produtora de conteúdo artístico com foco em direitos reprodutivos do Brasil. Venha fazer parte deste time! #Herstorytelling #conteudo #agenciadeconteudo #marketingdeconteúdo
Um dos projetos autorais da SóMinas #Herstorytelling é o perfil @brasilcontrasap , que realiza campanhas segmentadas de conscientização de autoridades públicas e da sociedade civil para o fato de que o sistema judiciário, depois da Lei da Alienação Parental, passou a favorecer pais estupradores em detrimento de mães protetivas e crianças vítimas de violência sexual intrafamiliar. Pesado né? Mas é só um entre os nossos diversos projetos autorais. Saiba mais sobre o que fazemos no nosso site. Link na bio. #agenciadeconteudo #conteudo #socialmedia #digital #redação #criação #planejamento #marketing #marketingdecausa
Combatemos ratos com arte produzida por e para mulheres. Somos muitas e estamos por todo o Brasil. #MulherArtistaResista #Herstorytelling #fightnazi #fcknzs
No final do encontro, a DJ #ProjetoHisteria vai distribuir uma mixtape como souvenier. Tracklist exclusivamente selecionada para a ocasião. Chama! É domingo, tá chegando! ♣ #direito #direitos #amodireito #storytelling #Herstorytelling #mulhernapolítica #MulherArtistaResista
Tá chegando agora? Bem-vinda ao perfil @brasilcontrasap. Este canal tem como pauta principal exigir a revogação da Lei da Alienação Parental e devolução de cada criança sequestrada por pais estupradores com ajuda dos órgãos públicos para o colo reconfortante de suas mães protetivas, que tiveram suas histórias invertidas como se fossem elas as "criminosas". Lançamos a tag #PolíticaDasMina porque acreditamos numa linguagem descomplicada para falarmos sobre o que importa: nós, nossas vidas, nossas crianças, só entre nós, mulheres. Quem assina os conteúdos deste perfil é uma mãe lésbica que recusa ver sua existência política apagada sem revidar. Não pensem que mulheres são "naturalmente" frágeis. Somos resilientes pra buceta! Não deixe de conferir outros posts por aqui. Tudo escrito com o maior carinho para que possamos refletir sobre maternidade e infância, desviando da ignorância e construindo uma rede de proteção contra estupradores. #ProjetoHisteria . Mixando narrativas contra a cultura do estupro. #Herstorytelling #storytelling #agenciadeconteudo #dj #djane #djanes #djmulher #mulherdj #mulhernapolítica #direito #direitos #direitoshumanos #amodireito
Você já sabe que o #ProjetoHisteria é um experimento social de autoria da mesma autora do movimento #MulherArtistaResista , ou seja, euzinha? Essa artista, sapatona e mãe aqui. Euzinha. Que a metodologia, nomeada como #Herstorytelling , é ocupar espaços com narrativas de sobreviventes de estupro e depois medir a recepção dessas narrativas? Que eu, meu corpo e minha voz são, ao mesmo tempo, sujeito e objeto de análise? Que a sua reação, interesse ou falta de reação também são objetos da minha análise? Que eu já obtive resultados com este experimento e que agora quero sistematizá-lo com um objetivo específico, que é a construção de uma educação exponencial #PeloFimDoCasamentoInfantil ? Que o projeto @fimdocasamentoinfantil já está em andamento no ambiente digital, gerando impacto entre advogadas, parlamentares, psicólogas e mulheres da sociedade civil? Que você vai ter a oportunidade de participar desse movimento de educação agora, neste domingo, numa roda de conversa sobre a traição da esquerda ao empenho e a punição da esquerda ao desempenho da Pagu? Tá interessada? Me chama: 11972318489. #educação #educadora #mulhernapolitica
A @sominasemusic #Herstorytelling assina os conteúdos do movimento #MulherArtistaResista . Siga o perfil da primeira produtora de conteúdo artístico com foco em direitos reprodutivos da história brasileira. #feminismo #feminista #empoderamento #storytelling
O @fimdocasamentoinfantil também é um projeto autoral da SóMinas #Herstorytelling . Seu perfil é um experimento socioeducativo que tem como objetivo impactar a sociedade civil e as autoridades para a realidade de casamentos infantis no Brasil. Aliás, você sabia que nós somos o 4° país que mais casa meninas no mundo e que isso é reflexo de sermos um país colonizado que nasceu do estupro? Se é pra falar de golpe então vamos falar do golpe original, que é o estupro e a divisão sexual do trabalho. Siga @fimdocasamentoinfantil #PeloFimDoCasamentoInfantil ! #direito #direitos #direitoshumanos #amodireito #mulhernapolitica
O movimento @mulherartistaresista é o carro-chefe da SóMinas #Herstorytelling , a primeira produtora de conteúdo com foco em direitos reprodutivos do Brasil. O que era para ser apenas um pequeno poema com três palavras e objetivo de incentivar a autora @natacha_o aka #ProjetoHisteria a resistir enquanto era processada por narrar um estupro, acabou se tornando uma mensagem que, hoje, se repete nos corações e mentes das artistas brasileiras todos os dias. Três mulheres tatuaram o nome do movimento em seus corpos! ♥ É um prazer, para nós, estar à frente de um projeto tão lindo quanto este, que tem gerado identificação profunda e crescente. Siga @mulherartistaresista e bora pro raxa-macho com nossas artes em punho. #MulherArtistaResista #mulhernapolitica #agenciadeconteudo #tecnologia #GirlsInTech
O @brasilcontrasap é um dos projeto autorais da SóMinas #Herstorytelling . Dedicado a realizar campanhas segmentadas com objetivo conscientizar a população e as autoridades sobre a existência de grupos de homens que dedicam suas vidas a usar os órgãos públicos para beneficiar estupradores e inibir que sejam realizadas mais denúncias. #ProjetoHisteria #MulherArtistaResista #mulhernapolitica #direito #direitos #direitoshumanos #amodireito
O legado feminino segue censurado desde Aspásia de Mileto, mestra de Sócrates apagada da história escrita pelos homens brancos. Antes de Cristo. Aspásia, mãe da filosofia, foi e ainda é difamada como se prostituta fosse. Mulher ocupando espaço público é "tudo puta", né? O legado feminino censurado passa pela história de Rosetta Tharpe, inventora do Rock'n'Roll, mulher preta (possivelmente lésbica) censurada pelo Elvis Presley. O legado feminino censurado está no nosso cotidiano, no acesso à computação, legado de Ada Lovelace; no acesso ao wi-fi, legado de Hedy Lamarr. Que continuam censurados. Por quem senão pelo próprio #mercado ? Mulher: bota o pé na porta. É tudo nosso esse legado. Foi sequestrado. Mas o que é nosso sempre esteve guardado. #Herstorytelling #MulherArtistaResista #comunicação #comunicadora #redação #redatora #storytelling #sóminas #educação #educadora
A DJ @natacha_o aka #ProjetoHisteria é a idealizadora e realizadora da SóMinas #Herstorytelling . Dois anos atrás, a SóMinas era só um canal no #soundcloud . Agora, ela é a primeira produtora de conteúdo artístico com foco em direitos reprodutivos do Brasil. Focada em resultados, a fase de beta testing da SóMinas #Herstorytelling impulsionou mais uma sapatona a investir na carreira de beatmaker: a DJ e produtora @maribrujana está prestes a lançar seu primeiro beat em um featuring - também sapatão - que tá deixando todas aqui ansiosas pela estreia. Invisibilidade? Aqui não, meu bem. Aqui tem resistência sonora! #ResistênciaLésbica #MulherArtistaResista #produtora #produçãomusical #mulhernamúsica #agenciadeconteudo #djane #djanes #djmulher #mulherdj
Listen to #Herstorytelling mixtape @ soundcloud. Female narratives only. / Escute a mixtape #Herstorytelling lá no soundcloud. Só xoxotas na seleção. | #Herstorytelling is a female-female storytelling method created by SóMinas #Herstorytelling to protect us from erasure. / #Herstorytelling é uma metodologia de storytelling de escuta-e-fala entre o sexo feminino criada pela SóMinas #Herstorytelling para nos proteger do apagamento. #dj #djane #djanes #digirl #djgirls #technogirl #femaleplayer #futureisfemale #femalepressure #ProjetoHisteria
Joga #Herstorytelling lá no #soundcloud pra ouvir nossa primeira mixtape. Gravada 2 anos atrás, a intro é um trecho de um discurso da oradora muçulmana @yasminmogahed sobre como os contos de fada nos influenciam negativamente. Só xoxotas na seleção. ▼ #dj #djane #djanes #djgirl #djgirls #technogirl#Herstorytelling
Nós chegamos ao mercado de comunicação pra botarmos a buceta na mesa em defesa de meninas e mulheres. Somos a primeira produtora de conteúdo artístico com foco em direitos reprodutivos do Brasil. Somos guiadas por soluções, resultados, eficácia e alta performance em conteúdo aplicado ao gênero. E temos um único objetivo: a emancipação coletiva de meninas e mulheres. Para alcançarmos aquilo que almejamos, criamos uma metodologia de escuta-e-fala entre o sexo feminino como uma ferramenta para burlarmos censuras. Continue nos acompanhando, comentando, participando, marcando amigas para compartilhar conhecimento. Juntas, nós somos muito mais fortes. Fiquemos juntas! Juntas, vamos virar este jogo! #Herstorytelling
Lembrete: transforme sentimentos misturados em tracks mixadas. #Herstorytelling #dj #djlife #djane #djanes #djgirl #djgirls #technogirl
Lembrete: sonhe, sinta medo, supere, repita. #Herstorytelling
A sewing machine donated by a United States-based charity organization. While taking to girls outside a literacy class at the YMCA-like community center, many asked in French if I could help them “à coudre,” to sew. Sewing is a euphemism for “job” — and nearly every girl I met eventually asked me for one. Even though they longed to practice on one of the donated machines, they would not be able to afford their own machines or fabric. And few in their towns would be able to purchase — or even have a need for — what they made. #challengingdominantnarratives #Jobs #herstorytelling #abetterway #smartjobs
Women find out about the ONG-SOS FEVVE (“Femmes et Enfants Victimes de Violence Familiale” or Women and Children Victims of Family Violence), which is located in the capital Niamey, through word of mouth. And word is spreading. Roughly four women will reach out each day—some looking for a ride to the doctor and others hoping to find a safe place to stay for several days or longer. Photos of the survivors, the weapons used against them and the injuries they sustained are purposefully displayed on the walls and a painting discouraging domestic abuse, created by a young survivor, hangs near the entrance. The shelter, the only one of its kind in the country, is opened 24-hours a day and staffed primarily by volunteers, survivors and women who have witnessed abuse. #survivors #domesticviolence #violencesgainstwomenandgirls #herstoryourstory #herstorytelling #herstory #niger
Divorced by 16 and far from her two children who are living with her husband. As is or was the law in many countries throughout the world, the courts favor the father. #womendrivenstories #narrativestorytelling #herstory #herstoryyourstory #herstorytelling #niger #childmarriage #journalism #globalstory #globalstorytelling
A @sominasemusic #Herstorytelling é a produtora que assina os conteúdos do movimento @mulherartistaresista. Histórica, é a primeira produtora de conteúdo artístico com foco em direitos reprodutivos do Brasil. Quer receber conteúdos exclusivos da SóMinas #Herstorytelling diretamente no seu email? Assine a newsletter #Herstorytelling ! Para assinar, acesse o site da produtora (link clicável na bio do perfil @sominasemusic ), clique na aba "news" e preencha o formulário! #MulherArtistaResista
Receba conteúdos exclusivos diretamente na sua caixa de email assinando a nossa newsletter #Herstorytelling . Para assinar, acesse nosso site (link clicável na bio do nosso perfil), clique na aba news e preencha o formulário. Bora pro front dessa guerra narrativa! Só entramos no jogo se for pra ganhar!
#Herstorytelling é uma metodologia de comunicação que consiste em considerar a escuta-e-fala entre pessoas do sexo feminino contra a cultura do estupro, da exploração sexual, por direitos reprodutivos. Vem jogar com a gente! #MulherArtistaResista
A SóMinas #Herstorytelling produz conteúdo sapatão em defesa de meninas e mulheres, pelo fim da cultura do estupro, pelo fim da exploração sexual, por direitos reprodutivos. #Herstorytelling é uma metodologia de escuta-e-fala entre o sexo feminino. Pode ser aplicada a qualquer momento, em qualquer lugar e compreendida por qualquer pessoa. Divulgue! #MulherArtistaResista
A SóMinas #Herstorytelling , como a primeira produtora de conteúdo artístico com foco em direitos reprodutivos do Brasil, tem algumas perguntas pra fazer pra você, @amoiramara , sobre os tais "direitos trabalhistas" das "trabalhadoras sexuais". Seguem: 1) A exposição à violência, degradação, possibilidade de contaminação por DSTs ou de uma gravidez indesejada (os homens têm poder pra forçar as mulheres a não usarem preservativo) serão considerados pelos cafetõe... ops não, pelos empregadores como um motivo para pagar a essas trabalhadoras o adicional de 40% por insalubridade máxima? 2) As doenças venéreas e os transtornos mentais das "trabalhadoras sexuais" serão considerados doenças ocupacionais, sendo os cafetõe... eita, os empregadores, obrigados a pagar a indenização e cobrir todas as despesas médicas? 3) No caso de uma gravidez decorrente do exercício da "profissão", como os cafetõe... afff, desculpe, empregadores farão parcerias com clínicas de aborto pra que essas mulheres possam garantir o direito de negarem o exercício da maternidade? Ah é, tinha esquecido que o aborto ainda é ilegal no Brasil. Putz, que barra, né? Que bom que você nunca vai enfrentar esse tipo de problema na sua profissão, né, meu bem? Ufa! Mas sendo o aborto proibido no Brasil, eu queria saber o que os cafetõe...ARGH... empregadores vão fazer quando uma "trabalhadora sexual" for engravidada pelo estuprador que não ouviu a exigência de sua "fornecedora sexual" e a forçou a fazer sexo - estupro - sem camisinha? Acho que só essas 3 perguntas já estão ótimas. Aguardo você aqui nos comentários. Vem dialogar com a gente, sua linda!
O "vazio histórico" foi imposto ao sexo feminino pelo patriarcado. As mulheres inventaram a programação e o wi-fi, mas hoje, elas não são lembradas de modo que a ausência de referências como criadoras de inovação nos associa somente a usuárias de tecnologias domésticas, como máquina de lavar, ou aspirador de pó, não à invenção e protagonismo. #Herstorytelling é uma metodologia de escuta-e-fala entre o sexo feminino criada para mudar essa realidade. Let's play! #MulherArtistaResista
Há anos, as mulheres lésbicas vem sendo perseguidas exclusivamente por pautarem a institucionalização da exploração sexual que o PSOL tenta realizar por meio do PL Gabriella Leite, que, se aprovado, legalizará a cafetinagem. Para conseguir *maquiar* o liberalismo de considerar o corpo feminino como M-E-R-C-A-D-O-R-I-A (nera socialismo?), a estratégia é perseguir mulheres que defendem que o corpo das mulheres não são para o consumo masculino, ridicularizando seus posicionamentos políticos, deslegitimando-os e criando um clima de desconfiança em torno das ativistas contra a exploração sexual. Especialmente as lésbicas, que ancestralmente ocupam o front da resistência sexual das mulheres embora essa história seja milenarmente apagada, logo, desconhecida. E as tentativas de apagamento continuam. Precisamos vir a público para avisar @guilhermeboulos.oficial que as mulheres não aceitarão mais qualquer tipo de censura masculinista que tenha como objetivo silenciar a luta das mulheres lésbicas pela autodefinição ancestral, por direitos reprodutivos, contra a exploração sexual. #EaíBoulos , vamos repensar esse marketing político que defende "L"GBT, mas apaga a luta das mulheres lésbicas? Não seremos mais apagadas! Podem começar a recuar. #ResistênciaLésbica #pelofimdocasamentoinfantil #projetohisteria #herstorytelling #agenciadeconteudo #marketingdeconteúdo #marketingpolítico #mulhernapolitica #mulherartistaresista
A @samsungbrasil lançou, no mês passado, uma série documental chamada Tech Girls. O segundo EP foi sobre garotas gamers. Apesar de sermos maioria, ainda somos assediadas ou até mesmo ameaçadas de estupro enquanto jogamos. Conheça as histórias que as gamers @iamkalera , @giuhenne e Pam Shibuya têm pra contar sobre participarem de um mercado considerado masculino. Jogue *Tech Girls Samsung* na lupa do YouTube e conheça também os outros EPs da campanha da @samsungbrasil. | Fonte dos dados: Pesquisa Game Brazil 2017 Sioux, Blend new Research e ESPM. #herstorytelling #storytelling #mulherartistaresista #jogadora #jogadoras #mulhergamer #gamermulher #agenciadeconteudo #conteudo #conteúdodigital #inboundmarketing #inbound #inb #marketingdeconteúdo #mulhernapolitica
Nós somos a SóMinas #Herstorytelling . Criamos conteúdo hi-tech em defesa de meninas e mulheres. #Herstorytelling é uma metodologia de escuta-e-fala entre pessoas do sexo feminino. Entendemos que um problema comum entre todas as mulheres é a necessidade de se desvencilhar do estigma de propriedades masculinas, que nos impõem tantos estereótipos sexuais, roubando nossa verdadeira identidade e o entendimento do nosso corpo. Não é um problema subjetivo. Nós somos materialmente atingidas por este estigma dentro de casa, quando temos que limpar tudo enquanto o irmão fica no sofá jogando video-game. Ou a cada cantada na rua. A cantada na rua significa, para os homens, que eles têm direitos sobre os nossos corpos. É um direito coletivo deles, huh? Nós também sabemos que não temos dialogado muito a esse respeito, e é por isso que acreditamos que o que estamos fazendo aqui é revolucionário. Estamos aqui pra honrar, por meio do nosso conteúdo hi-tech, as mulheres que inventaram a tecnologia como conhecemos hoje e foram apagadas pelo patriarcado. #agenciadeconteudo #conteudo #conteudodigital #redatora #redação #marketingdeconteúdo #inb #inboundmarketing #inbound #feminismo #feminista
O movimento @mulherartistaresista é o carro-chefe da SóMinas #Herstorytelling . Criado pela @natacha_o aka #ProjetoHisteria depois de ela ter sido processada pelo seu estuprador, o movimento #MulherArtistaResista ganhou as ruas de norte a sul do país e atravessou fronteiras por todo o mundo. Siga @mulherartistaresista. Conteúdo hi-tech em defesa de meninas e mulheres. #agenciadeconteudo #branding #publicidade #causa #antifa
Acesse a nota completa da SóMinas #Herstorytelling no nosso site. O link clicável está na bio. #ResistênciaLésbica
Sim, sou eu na foto com a camiseta do @mulherartistaresista em uma matéria sobre revitimização na @folhadespaulo. Quando comecei o #ProjetoHisteria , eu não sabia muito bem pra onde ele me levaria. Só queria uma ferramenta a disposição para poder me livrar do descrédito e continuar seguindo o caminho de luta contra a censura de sobreviventes de estupro. Era um modo de resistir. Dois anos processada pelo meu estuprador e a certeza de que falar - e ser ouvida - sobre isso não era somente uma necessidade pessoal, mas principalmente política. Falar por mim seria o equivalente a falar por todas as mulheres. Mas mesmo assim eu não era ouvida como merecia. Então decidi que transformaria o #ProjetoHisteria em um experimento social, assim, em vez de analisada pela sociedade e até mesmo pelo estado, eu mixaria minhas habilidades como analista de social media, DJ e professora de literatura para ampliar o alcance da minha voz e ser sujeito de análise, não objeto. Hoje, o #ProjetoHisteria , além de gerar valor para sobreviventes de estupro, se tornou também o coração estratégico da SóMinas #Herstorytelling . Eu levantei da lama para ajudar a levantar outras mulheres e não vou parar até alcançar minhas metas! #MulherArtistaResista
A vagina é uma força da natureza que representa a passagem da humanidade do útero para o planeta Terra. Isso é algo que nunca será imitado, por mais que se tente. E por que se tenta? Lembrando que o Brasil é líder mundial em cirurgias plásticas em xoxotas. Que indústria bizarra pra se liderar! Clitóris é um órgão específico para o prazer sexual feminino e tem aproximadamente 8k terminações nervosas, diferente da glande do pênis, que tem apenas metade disso. Inferiorizadas pela medicina e pela psiquiatra e demonizadas pela religião, até hoje as mulheres ao redor do mundo sofrem mutilações genitais como forma de punição por serem do "sexo pecaminoso". Inclusive no Brasil. A episiptomia, corte desnecessário realizado como "procedimento padrão" de obstetras em todo o país, é uma dessas mutilações invisibilizadas. Depois da episiotomia, que muitas vezes ocorre sem anestesia, obstetras - homens e mulheres - ainda têm o costume de dar o "ponto do marido" sem o consentimento da mulher para a vagina "ficar mais apertadinha". E estão dizendo, por aí, que somos capazes de oprimir com as nossas bucetas sendo que não conseguimos nem conversar direito umas com as outras a respeito do nosso próprio corpo ainda. Estamos de olho nos dick vigaristas. SóMinas #Herstorytelling . Conteúdo hi-tech em defesa de meninas e mulheres. #resistêncialésbica #MulherArtistaResista #mulhernapolitica
Hoje, na XV Caminhada Lésbica, tive a oportunidade de falar sobre a perseguição legislativa, judiciária e em breve militar caso o #PL4488 seja aprovado, que as mães vêm sofrendo por denunciarem seus ex-maridos por violência doméstica e/ou estupro de vulnerável. Sou autora de um experimento sociolinguístico como DJ, analista de social media e professora de literatura que se chama #ProjetoHisteria . O #ProjetoHisteria analisa a relevância das narrativas produzidas por sobreviventes de violência masculina dentro e fora da rede. Por causa dele, eu, uma mãe lésbica, fui perseguida, inclusive institucionalmente, durante um ano. Um ano perseguida por narrar uma história de luta das mães, do mesmo jeito que fui perseguida em 2014 por narrar um estupro na internet. Perseguida, e a maternidade foi usada como "vulnerabilidade". Me ameaçaram em relação à guarda do meu filho! Não tolerarei atos persecutórios em relação a minha maternidade nem a minha profissão. Não ousem me transformar na sua ▼ perseguida ▼ que aqui o revide vem COM FORÇA. Podem começar a sentir o baque, PAIS ESTUPRADORES! Obrigada @clau.hesse pelo vídeo. #BrasilContraSAP #MulherArtistaResista #Herstorytelling
#Herstorytelling is a new way to fight old fights. It's a path created by a fem latin DJ and social media analist who creates and/or mixes hi-tech content to defend kids, specially girls, and women, from powerful rapists. You're invited to get a little closer to this brave and creative #femalewriter . You can sign our #Herstorytelling newsletter to know how it feels to be a #mother and a teacher who fights for sexual education and reproductive rights while Brazil crashes into pieces. Go to our website menu, click on "news". Link @ our bio. #dj #djane #djanes #djgirl #djgirls #technogirl #femaleplayer #futureisfemale #femalepressure #feministart #motherhood #education #inboundmarketing #inbound #inb
O @brasilcontrasap é parte de um projeto de conteúdo hi-tech em defesa de meninas e mulheres. Somos de autoria da @sominasemusic #Herstorytelling , a primeira coletiva-produtora de conteúdo com foco em direitos reprodutivos da história brasileira. Venha jogar junto com a gente! Participe da enquete discordando da criminalização da alienação parental, ficando ao lado de mães que enfrentam pais por violência doméstica e/ou estupro de vulnerável. Se esse PL for aprovado, mães irão para a prisão por se defenderem ou por defenderem seus filhos de um pai agressor e/ou estuprador. O link para a enquete está na nossa bio. Vem! #direito #direitos #amodireito #direitoshumanos #advogada #advogadas #empreendedora #empreendedorismomaterno #maternidade #feminismomaterno #MulherArtistaResista
next page →