vcasustentabilidade

VCA Sustentabilidade

Consultoria em arquitetura sustentável Brasil e Portugal contato@vcasustentabilidade.com.br & whatsapp 🇧🇷 +5521 988580424 🇵🇹 +351 915449000

Loading...
A mobilidade está em sintonia com o futuro. Em duas rodas, os patinetes elétricos são a nova sensação. Aliado a uma conscientização coletiva, este meio de transporte simboliza uma ótima forma de contornar a agitação do trânsito nas grandes cidades, além de ser uma solução inovadora e sustentável. #sustentabilidade #sustainability #sustainableliving #sustainabledevelopement #sustainablearchitecture #environment #environmentalist #sustainablecities #nature #natureza #planet #savewater #earth #thinkgreen #home #equilibrio #meioambiente #savetheworld #save #care #balance #inhabitat #green #greenplanet #greenworld #wonderfulworld #whatawonderfulworld #greenpeace #wwf @wwf @wwfbrasil @greenpeace @greenpeacebr @vcasustentabilidade @vivianecunhaarquitetura @vivianecunhaart @matheuscoelho8 @lilianecpaula @andrea.portugal.fellows @tomascamara1 @mariamarbeiro @reginavalmore @inhabitatdes
Cerca de 193 mil pessoas no mundo perdem a vida todos os anos por exposição a substâncias químicas nocivas. Combater a exposição e a intoxicação das pessoas por agrotóxicos, por meio de alimentos ou ambientes contaminados, permitiria reduzir os casos de doença cardíaca isquêmica e acidentes vasculares cerebrais. Juntas, as duas complicações de saúde são as principais causas de morte no mundo. Outra medida deve ser a proteção de trabalhadores que correm risco de terem contato com produtos químicos prejudiciais ao organismo. #sustentabilidadee #sustainability #sustainableliving #sustainabledevelopement #sustainablearchitecture #environment #environmentalist #sustainablecities #nature #natureza #planet #savewater #earth #thinkgreen #home #equilibrio #meioambiente #savetheworld #save #care #balance #inhabitat #green #greenplanet #greenworld #wonderfulworld #whatawonderfulworld #greenpeace #wwf @wwf @wwfbrasil @greenpeace @greenpeacebr @vcasustentabilidade @vivianecunhaarquitetura @vivianecunhaart @matheuscoelho8 @lilianecpaula @andrea.portugal.fellows @tomascamara1 @mariamarbeiro @reginavalmore @inhabitatdesign
'A sua sorte ainda vai te encontrar. Você viveu 100% dos momentos que achou que não iria aguentar mais. Você não está sendo egoísta ou covarde. Definitivamente você não está sozinho.' Quando pensar que está sozinho e tiver pensamentos ruins. Quando achar que nada mais vale a pena, ligue 188, ou acesse www.cvv.org.br e procure ajuda!
'Queimamos o quinto maior acervo do mundo. Queimamos o fóssil de 12 mil anos de Luzia, descoberta que refez todas as pesquisas sobre ocupação das Américas. Queimamos murais de Pompeia. Queimamos o sarcófago de Sha Amum Em Su, um dos únicos no mundo que nunca foram abertos. Queimamos o acervo de botânica Bertha Lutz. Queimamos o maior dinossauro brasileiro já montado com peças quase todas originais. Queimamos o Angaturama Limai, maior carnívoro brasileiro. Queimamos alguns fósseis de plantas já extintas. Queimamos o maior acervo de meteoritos da América Latina. Queimamos o trono do rei Adandozan, do reino africano de Daomé, datado do século XVIII. Queimamos o prédio onde foi assinada a independência do Brasil. Queimamos duas bibliotecas.'
A areia é o recurso natural mais consumido no mundo depois da água e do ar. Cidades modernas são construídas a partir dela. Somente na indústria da construção, estima-se que 25 bilhões de toneladas de areia e cascalho sejam utilizados a cada ano. Isso pode soar muito, mas não é um número surpreendente quando você considerar como quase tudo o que está ao seu redor provavelmente tem o material em sua constituição. Mas está se esgotando. Este é um fato assustador para se pensar quando você percebe que a areia é necessária para fazer tanto concreto como asfalto, para não mencionar todos os vidros do planeta. O Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente descobriu que de 2011 a 2013, somente a China usou-se mais cimento do que os Estados Unidos usaram em todo o século 20 e em 2012, o mundo usou concreto suficiente para construir uma parede ao redor da Linha do Equador com 27 metros de altura e 27 metros de espessura. Muitos de nós têm o equívoco comum de que a areia é um recurso infinito, mas a dura realidade é que não é. No ritmo em que o estamos usando, países como o Vietnã poderiam esgotar-se até 2020, como estimado pelo Ministério da Construção do país. Um tipo específico de areia é necessário para uso na construção e, infelizmente, a abundância de areia dos desertos do mundo é de muito pouco uso para nós, pois os grãos são lisos e finos demais para se unirem. A areia utilizável que precisamos pode levar anos para se formar e com nosso consumo atual, isso não é sustentável. #sustentabilidade #sustainability #sustainableliving #sustainabledevelopement #sustainablearchitecture #environment #environmentalist #sustainablecities #nature #natureza #planet #savewater #earth #thinkgreen #home #equilibrio #meioambiente #savetheworld #save #care #balance #inhabitat #green #greenplanet #greenworld #wonderfulworld #whatawonderfulworld #greenpeace #wwf @wwf @wwfbrasil @greenpeace @greenpeacebr @vcasustentabilidade @vivianecunhaarquitetura @vivianecunhaart @matheuscoelho8 @lilianecpaula @andrea.portugal.fellows @tomascamara1 @mariamarbeiro @reginavalmore @inhabitatdesign
O Dia Internacional dos Povos Indígenas é uma data celebrada mundialmente no dia 09 de agosto e foi estabelecido pela Organização das Nações Unidas (ONU) no ano de 1995 para expressar o reconhecimento internacional em relação a esses povos, que ainda carecem da manutenção de alguns de seus direitos mais básicos.
Pilha japonesa pode ser recarregada com água e outros líquidos. As pilhas comuns utilizadas em aparelhos eletrônicos são um grande problema ambiental nos dias de hoje, pois contêm chumbo e outros metais pesados em seu interior, o que dificulta o descarte e contamina o meio ambiente. Pensando nisso, a empresa japonesa Aqua Power System criou a NoPoPo Battery, uma espécie de pilha sustentável no formato AA ou AAA que pode ser recarregada com líquidos como água, cerveja, whisky, suco e até mesmo urina. Isso acontece porque o produto é feito a partir de uma mistura de magnésio e carbono. Quando essa mistura entra em contato com o líquido, ela reage e gera energia. Para recarregar a pilha é necessário apenas sugar o líquido com a pequena seringa, empurrar o lacre e despejá-lo na parte interna da bateria. Segundo a empresa fabricante, a pilha pode ser recarregada no máximo cinco vezes, mas elas funcionam por até 10 anos. A NoPoPo não se deteriora rapidamente porque não há metais pesados em seu interior, o que faz com que ela seja reciclável, podendo ser descartada após o máximo de recargas, de maneira sustentável, sem agredir o meio ambiente. Feita para gerar energia para pequenos dispositivos, a NoPoPo tem 1/3 do peso das pilhas convencionais e pode ser ligada em série para gerar maiores cargas de energia. #sustentabilidade #sustainability #sustainableliving #sustainabledevelopement #sustainablearchitecture #environment #environmentalist #sustainablecities #nature #natureza #planet #savewater #earth #thinkgreen #home #equilibrio #meioambiente #savetheworld #save #care #balance #inhabitat #green #greenplanet #greenworld #wonderfulworld #whatawonderfulworld #greenpeace #wwf @wwf @wwfbrasil @greenpeace @greenpeacebr @vcasustentabilidade @vivianecunhaarquitetura @vivianecunhaart @matheuscoelho8 @lilianecpaula @andrea.portugal.fellows @tomascamara1 @mariamarbeiro @reginavalmore @inhabitatdesign
O aplicativo goodr redirecionou mais de 4 milhões de reais em comida que iria para aterros sanitários e foi destinada a associações de combate à fome, em Atlanta, nos Estados Unidos. O aplicativo resolve essa questão permitindo que os clientes cadastrados sinalizem quando há excedente de comida para ser doada e redireciona, também, sobras de comida de restaurantes – em perfeitas condições para o consumo humano – para organizações que atendem pessoas em situação de insegurança alimentar. #sustentabilidade #sustainability #sustainableliving #sustainabledevelopement #sustainablearchitecture #environment #environmentalist #sustainablecities #nature #natureza #planet #savewater #earth #thinkgreen #home #equilibrio #meioambiente #savetheworld #save #care #balance #inhabitat #green #greenplanet #greenworld #wonderfulworld #whatawonderfulworld #greenpeace #wwf @wwf @wwfbrasil @greenpeace @greenpeacebr @vcasustentabilidade @vivianecunhaarquitetura @vivianecunhaart @matheuscoelho8 @lilianecpaula @andrea.portugal.fellows @tomascamara1 @mariamarbeiro @reginavalmore @inhabitatdesign
O estado do Rio de Janeiro terá de abolir as sacolas feitas com plásticos derivados de petróleo dos estabelecimentos comerciais, como supermercados, em até 18 meses. A medida prevê a substituição das sacolinhas tradicionais por sacos biodegradáveis ou reutilizáveis, mais resistentes e confeccionados com materiais provenientes de fontes renováveis. Plástico deve ser banido, também, de copos, pratos, bandejas e talheres descartáveis A lei fixa em 18 meses o prazo para que micro e pequenas empresas façam a substituição. Para as demais, serão 12 meses. As sacolas reutilizáveis deverão ter resistência de 4 a 10 quilos e ser compostas por, no mínimo, 51% de material renovável, como o bioplástico produzido a partir de cana-de-açúcar ou milho. Os sacos deverão ser confeccionados em duas cores: verde, para resíduos recicláveis, e cinza, para outros rejeitos, com a finalidade de ajudar o consumidor a separar o lixo e facilitar a coleta seletiva. #sustentabilidade #sustainability #sustainableliving #sustainabledevelopement #sustainablearchitecture #environment #environmentalist #sustainablecities #nature #natureza #planet #savewater #earth #thinkgreen #home #equilibrio #meioambiente #savetheworld #save #care #balance #inhabitat #green #greenplanet #greenworld #wonderfulworld #whatawonderfulworld #greenpeace #wwf @wwf @wwfbrasil @greenpeace @greenpeacebr @vcasustentabilidade @vivianecunhaarquitetura @vivianecunhaart @matheuscoelho8 @lilianecpaula @andrea.portugal.fellows @tomascamara1 @mariamarbeiro @reginavalmore @inhabitatdesign
A Antártida perdeu 3 trilhões de toneladas de gelo entre 1992 e 2017, fazendo o nível do mar aumentar 7,6 milímetros. A grande preocupação, porém, se deve ao fato de a maior parte dessa elevação ter acontecido nos últimos cinco anos, como reflexo do aquecimento global. O derretimento registrado até agora representa uma parcela ínfima em relação ao total de gelo presente no continente. Se derretesse totalmente, o gelo armazenado ali poderia elevar o nível do mar em 58 metros. A região que mais vem sentindo o derretimento provocado pelo oceano é a Antártida ocidental, que viu a perda de gelo passar de 53 bilhões de toneladas para 159 bilhões de toneladas por ano. A maior parte disso ocorreu na Ilha Pine e nos Glaciares Thwaites. #sustentabilidade #sustainability #sustainableliving #sustainabledevelopement #sustainablearchitecture #environment #environmentalist #sustainablecities #nature #natureza #planet #savewater #earth #thinkgreen #home #equilibrio #meioambiente #savetheworld #save #care #balance #inhabitat #green #greenplanet #greenworld #wonderfulworld #whatawonderfulworld #greenpeace #wwf @wwf @wwfbrasil @greenpeace @greenpeacebr @vcasustentabilidade @vivianecunhaarquitetura @vivianecunhaart @matheuscoelho8 @lilianecpaula @andrea.portugal.fellows @tomascamara1 @mariamarbeiro @reginavalmore @inhabitatdesign
next page →